Jakline Visolela António, também conhecido por “Jack”, esteve recentemente em Washington DC, numa Cimeira com o Presidente norte Americano Barack Obama e, para além de ter estado a aprimorar as suas técnicas em empreendedorismo e negocio, área na qual se candidatara.

Ao longo da sua estadia em Varias Cidades norte Americana, Jakline frequentou aulas numa Universidade local, juntos com vários outros Africanos, num universo de 1000 jovens Lideres Africanos o contacto e o “NetWork” criado permitiu estabelecer relações humanos entre os outros jovens lideres do Continente.

A jovem que já tem experiencia no associativismo sentiu necessidade de buscar outras experiencia em área diferente, negócios e empreendedorismo. Ela esteve na Cidade de “Missuri”, pois para ela a oportunidade de aprender com outros participantes foi uma mais valia para o seu aprendizado, porque os seus colegas eram heterogenias, porque haviam, pessoas que tinham experiencia em ativismo cívico, pequenos empreendedores, e o contacto com estes abriu muito mais a sua mente e network mais vasto.

O encontro com o Presidente dos EUA, renovou-a suas esperanças para poder continuar a engajar-se na vida publica, e o discurso foi tão encorajadora que a vontade é hoje continuar a cobrar e dar também soluções, sobre vários problemas que afetam a a juventude e o País em geral.

Jackline António, pensa que daqui para frente seguir a uma vida politica ativa, apesar de ainda não se decidir em que Partido politico militar,afirmou já ter um “mentor” que esta a acompanha-la, quer para os seus negócios quer para a área politica que pretende seguir. Questionada sobre as dificuldades em que a sociedade nos apresenta na vertente machista ela, sorriu e dice que por ser mulher não esta inibida, pois os exemplos da Lwenji-Ya-Konda, Rainha Nzinga e outros são espirador e que hoje já não se coloca a questão, por ser mulher.

Ela não percebe sobre politica, mas é nesta área que ela quer dar o seu contributo ao País, atuando em defesa da violação de vários Direitos dos homens e mulheres, tendo ainda encorajado aos jovens Angolanos a não perca de esperança e que devem estes continuar a lutar e fazer a sua parte para se alcançar os objectivos, e passar por cima da marginalização e descriminação por ser e viver nos bairros ou seja “Musseques”. O apoio que recebe da família é muito positiva que lhe da mais vontade de seguir os seus sonhos.

Acompanhe a entrevista completa que a Jakline Visolela António, concedeu à Rádio Angola. Por Simão Pascoal Hossi: http://www.blogtalkradio.com/radioangola/2016/09/29/jakline-antnio-fala-sobre-sua-participao-no-yali-seus-projetos-e-futuro

Perguntas e sugestões podem ser enviadas para info@friendsofangola.azurewebsites.net. A Rádio Angola – uma rádio sem fronteiras – é um dos projectos da Friends of Angola, onde as suas opiniões e sugestões são validas e respeitadas.

© 2020 - Friends of Angola

All Rights Reserved to  friendsofangola.kasaiconnect.com