Fonte: VOA

Protestos contra desemprego estão marcadas para 12 províncias angolanas

As autoridades policiais detiveram três membros da organização que prepara uma marcha prevista para sábado, 8, em Cabinda em protesto contra os índices elevados de desemprego naquela província angolana.

Os detidos são João Heleno, José Nelson Liambo Tati e José O Próprio.

Horas antes de ser detido, José Nélson Liambo Tati disse à VOA que o desemprego “é uma forma de oprimir os jovens” e confirmou que as autoridades já tinham sido informadas da marcha.

“Nós comunicamos às autoridades, mas até ao momento não temos nenhum deferimento. Já se passaram 24 horas e o Governo não se pronunciou, mas a lei nos diz que podemos marchar”, afirmou Tati.

Os protestos estão previstos para acontecer em 12 províncias, mas José Chicacaia lamenta existir em Cabinda aquilo que chamou de insensibilidade das autoridades locais no relacionamento com os organizadores da marcha.

“Noutras províncias, como o Uíge e Luanda, os nossos colegas foram recebidos pelas autoridades locais, mas cá não”, lamentou.

A VOA tentou sem sucessos falar com a Polícia Nacional em Cabinda.

© 2018 - Friends of Angola

All Rights Reserved to  friendsofangola.org