O Presidente da República disse que a decisão de José Eduardo dos Santos, líder do MPLA, abandonar a vida política activa em 2018, depende de si próprio, porquanto “só a ele compete dizer se o fará, se vai cumprir com esse compromisso”.

Fonte: Rádio Angola

Ao falar aos jornalistas na primeira entrevista colectiva concedida nesta segunda-feira, 08/01, no jardim do Palácio Presidencial na qualidade de Presidente da República, João Lourenço aproveitou a ocasião para “desdramatizar”, as informações que pairam, segundo as quais, existe um clima de crispação entre a figura do Presidente da República, João Lourenço e com o ex-presidente José Eduardo dos Santos, actualmente líder do MPLA, com quem diz manter relações normais de trabalho.

O Presidente da República assegurou que “nada está acima da Constituição”, daí que trabalhe com José Eduardo dos Santos em “campos distintos”, mas “cada um cumpre o seu papel”, lembrando que Eduardo dos Santos comprometeu-se a deixar a liderança do partido e a vida política activa em 2018, sublinhando que se “sente bem” como Chefe de Estado e vice-presidente do MPLA.

Quanto às polémicas exonerações com realce à da Isabel dos Santos do cargo de PCA da Sonangol, o Titular do Poder Executivo João Lourenço sublinhou que as mesmas não são justificadas e, no caso da de Isabel dos Santos, do conselho de administração da petrolífera nacional, nada teve a ver com questões pessoais ou por alegada perseguição aos filhos do ex-Presidente da República.

Na mesma linha de pensamento, esclareceu estar a ser mal avaliada a situação do fim do contrato entre a Televisão Pública de Angola (TPA) e as empresas Semba Comunicação e West Side, que fizeram a gestão do canal 2 daquela cadeia televisiva nacional, até finais de 2017. João Lourenço afirmou que a medida de ruptura foi tomada pela TPA e deveu-se ao facto de o contrato ser bastante desfavorável para o Estado e ter sido assinado numa conjuntura económica do país diferente.

Acompanhe aqui na página da Rádio Angola a entrevista colectiva que o Presidente da República, João Lourenço concedeu aos jornalistas angolanos e estrangeiros no Palácio Presidencial.

© 2018 - Friends of Angola

All Rights Reserved to  friendsofangola.org